O Instituto
Arara Azul

O Instituto Arara Azul foi criado em 03 de setembro de 2003. O Instituto é uma sociedade civil de direito privado, para fins não econômicos, com autonomia administrativa e financeira, com sede e foro na cidade de Campo Grande, MS, com prazo de duração indeterminado e abrangência nacional.

A partir de 2004, o Instituto Arara Azul passa a gerenciar e administrar os recursos recebidos pelo Projeto Arara Azul.

MISSÃO

Promover a conservação da biodiversidade, buscando a utilização racional dos recursos naturais e melhoria da qualidade de vida.

o instituto

O INSTITUTO ARARA AZUL, é uma organização não governamental, de direito privado e sem fins econômicos, tendo como principal finalidade, a promoção da conservação ambiental. O Instituto vem desenvolvendo projetos, de proteção ambiental, com este objetivo, como o Projeto Arara Azul, desenvolvido há 26 anos no Pantanal, mantendo as populações viáveis de araras azuis (Anodorhynchus hyacinthinus), a médio e longo prazo em vida livre no seu ambiente natural, assim como outros projetos que os convidamos a conhecer.

Sua visão de futuro é a de “Ser referência em conservação da natureza!”.

Atualmente o Instituto Arara Azul vêm desenvolvendo vários Projetos, além do seu principal projeto, o Arara Azul, desenvolve o projeto Aves Urbanas - Araras na Cidade, projeto Monitoramento da Ocupação de Cavidades no Pantanal, projeto de Avaliação da perda de habitat no Pantanal, Projeto Promovendo casa/caixas para araras-vermelhas em Bonito, Projeto Monitoramento de ninhos naturais e artificiais no Pantanal de Mato Grosso, Projeto Biologia reprodutiva da Maracanã, Projeto Psitacídeos em áreas verdes em Campo Grande, outros de caráter associado e em parceria como o projeto de Genética e biologia molecular das grandes araras com a USP, projeto Quiropterofauna (Morcegos) associada aos ninhos de arara azul no Pantanal, entre outros, mais esporádicos ou pontuais.

Em Campo Grande, desde novembro de 2013, o Instituto Arara Azul conta com um Centro de Sustentabilidade, cuja construção foi doada pela Fundação Toyota do Brasil, com o objetivo de implementar alternativas de fomento à sustentabilidade ao Instituto Arara Azul e seus Projetos.

Dentre as principais ações que vem complementando os recursos necessários para a execução dos projetos do Instituto Arara Azul, está a Campanha “Adote um Ninho” do Projeto Arara Azul; o Turismo de Observação das Araras na Cidade e no Pantanal e a Política de Patrocínio, através de doações de pessoas Físicas e Jurídicas com diferentes ofertas aos seus patrocinadores.

Clique aqui e conheça a nossa política de patrocínio e veja como doar.

publicações

É grande a relação de publicações e divulgações realizadas sobre as araras azuis e outras espécies desde o início do Projeto. Inúmeros trabalhos foram e estão sendo produzidos tanto pela equipe do Projeto como pesquisadores associados, jornalistas e colaboradores. Então, reunimos aqui uma relação das publicações e divulgações que pode não estar completa, mas que poderá ser enriquecida com as demais referências citadas nos próprios artigos e trabalhos.

publicações técnicas

Alguns artigos, palestras e resumos estão disponíveis em pdf. Você pode acessa-los e salva-los rapidamente. Outras publicações estão citadas em referências no tópico das araras azuis e pantanal.

Capítulos de livros, livros e trabalhos acadêmicos estão disponíveis apenas em forma de referência para consulta, de forma que você possa encontrá-los em bibliotecas, universidades, livrarias e revistas.

trabalhos acadêmicos

Neste tópico você encontra a referência de trabalhos que foram ou estão sendo realizados com a participação ou apoio do Projeto Arara Azul: teses de doutorados concluídas ou em andamento, dissertações de mestrado, monografias e trabalho de iniciação científica. Todos estão como referência para que sejam encontrados nas universidades ou bibliotecas.

divulgações (mídia geral)

Aqui, encontra-se a relação de algumas divulgações em revistas: nacionais e estrangeiras, jornais, internet, televisão, vídeo, rádio. São apenas referências para serem anotadas e pesquisadas em outras fontes.

glossário

Arara azul - Anodorhynchus hyacinthinus.
Arara-azul-pequena - Anodorhynchus glaucus.
Araras vermelhas - Ara chloroptera.
Ararinha-azul - Cyanopsitta spixii.
Baías - Depressões que formam lagoas temporárias ou permanentes, as quais podem ser circulares, semi-circulares ou irregulares.
Bandeira - Espécie bandeira: espécie bonita, carismática que atrai a atenção das pessoas.
Campos - Sazonalmente inundáveis, composto por gramíneas e outras vegetações aquáticas e semi-aquáticas.
Capões - ou ilhas de mata, de forma circular ou elíptica, solo mais alto que o nível do campo com vegetação densa.
Conspícuas - Bbarulhentas, são curiosas e acabam se mostrando quando querem ver.
Cordilheiras - Porções de terrenos mais altos, ocorrem em cordões estreitos que podem atingir vários quilômetros, não inundados e cobertos por florestas.
Corixos - canais de escoamento com calha definida, fazendo a ligação entre dois rios e em alguns trechos matariparias.
Endemismo - Espécies que vivem exclusivamente em um determinado local.
Extinção - Eliminação, extermínio, aquilo que acabou.
Manduvi - Sterculia apetala.
Medidas da árvore - Diâmetro do tronco principal, na altura do ninho e altura da árvore.
Medidas da cavidade - Largura e comprimento da abertura, diâmetro e profundidade da cavidade.
Ninhos ativos - Aqueles em que as araras vão fazer postura.
Psittacidae - Araras, papagaios, periquitos, maitacas, maracanãs e outros.
Rêmiges - Apenas primárias e secundárias da parte superior das asas.
Salinas - Lagoas com água alcalina, caracterizadas pela ausência de cobertura vegetal no espelho d´água.
Vazantes - Áreas de drenagem estacional, sem calha definida que ligam os campos e baías aos rios, geralmente cobertas por gramíneas no período seco.

notícias